sexta-feira, 22 de maio de 2015

Da alergia ao frio.

Quando a minha mãe era pequenina desmaiava muitas vezes, mas não sabiam o que tinha. Parecia uma criança saudável mas às vezes desmaiava e no Inverno tinha muita comichão. Uma das memórias mais antigas que tenho é da minha mãe caída, desmaiada, no meio da rua. Não devia ter mais de quatro anos e lembro-me de tudo. Foi em frente a um sapateiro e lembro-me disso toda e cada vez que por lá passo. Lembro-me da mulher do sapateiro me tentar levar para dentro, me oferecer rebuçados para me distrair do que estava a acontecer. E eu lembro-me de chorar, de chorar muito agarrada à minha mãe, a perguntar se tinha morrido. 

Nós sempre soubemos que a mãe se sentia mal com o frio, mas o termo "alergia" pela boca de um médico demorou décadas a aparecer.

Quando eu era pequena ia com a minha mãe e irmão de férias para o S. João de Estoril. Passava as tardes na praia de Azarujinha e não podia estar mais de cinco minutos seguidos na água do mar. Ficava roxa, mas tão roxa que até as outras pessoas me diziam para sair da água. E eu saía, com a pele toda empolada, com uma comichão que me enlouquecia. Implorava então eu para ir para a piscina natural que ali havia. A mãe não gostava que eu fosse para lá quando o mar estava calmo, porque era água estagnada, mas eu pedia muito e ela às vezes deixava. A água parada estava quentinha e eu aguentava lá muito mais tempo.... Dez minutos ou assim.

O tempo foi passando e a alergia piorando.Não me lembro da última vez que tomei banho na água do mar, não consigo correr ao ar livre (ou caminhar depressa) ainda que esteja uma aragem mínima, se abrem a janela para entrar ar fresco frequentemente começo a sentir-me mal se o tal ar fresco me toca na pele. 

O que é isto de me "sentir mal"? É ficar com uma comichão terrível nos sítios onde o ar me toca, com a pele toda vermelha e empolada. Já cheguei a perder os sentidos (mais que uma vez e sem ter tempo de reacção), falta-me o ar, foge-me o chão... Não vos consigo explicar. Se mal começar a sentir os sintomas me proteger imediatamente: parar e aquecer-me de alguma forma, consigo controlar, se insisto dois minutos que seja... Pode ficar muito feio. 

A pior altura do ano é esta porque está calor mas ainda arrefece muito e se eu no Inverno ando agasalhada e dificilmente sou apanhada em contramão, nesta altura vou facilitando. Se visto algo mais fresco (sandálias ou manga curta, por exemplo) e de repente arrefece muito e eu estou na rua é quase certo que vou ter uma crise se não tomar um anti histamínico imediatamente. O mesmo quando começa a arrefecer aí por Setembro. 

A parte boa é que me passa rápido (basta aquecer) e que os anti histamínicos surtem realmente efeito. 

De resto, tenho medo que o Baby sofra do mesmo porque ele arrefece muito e muito depressa. Fica com os lábios roxíssimos se o vento frio lhe dá na cara. Neste Inverno por três ou quatro vezes me ligaram da escola a dizer que não o conseguiam aquecer de nenhuma forma. Já lhe dei com os pés azuis, geladíssimos, e dessas vezes só o consegui aquecer no banho.

Mas isto é muito difícil de explicar... Não é aceite como uma alergia "normal" pela generalidade das pessoas. Ainda hoje acho que muita gente pensa que eu sou só friorenta e que as restantes reacções são, enfim, psicológicas... Frescuras minhas, no fundo! Só que não!

34 comentários:

  1. http://www.sanfil.pt/index.php?r=informacoesDeSaude/viewDoenca&id=177

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só muito recentemente é que começaram a aparecer informações.

      Excluir
  2. Olá Nê.
    Nunca tinha sequer conhecido uma pessoa que sofresse de frio, muito menos que fosse alérgica ao frio.
    Eu tenho uma doença horrível chamada frio. Para teres uma pequena ideia:
    - Durmo com edredon o ano inteiro e sempre tapada, mesmo com 40 graus
    - Tem estado calor mas eu em casa ainda ando com a camisola polar vestida por cima do pijama que ainda é o de inverno, e só ontem é que troquei os chinelos e as meias de inverno para uns chinelos mais abertos e sem meias.
    - Nunca almoço, janto, petisco em esplanadas, a menos que esteja no Equador ou assim
    - Tomar banho na praia só se estiver muito calor e é entra e sai e acabou-se o banho. Se for no Brasil não há problema mas fico roxa na mesma.
    - Só fui uma única vez à Serra da Estrela (Neve) e jurei para nunca mais. Ia morrendo congelada e arranjei uma série de sarilhos com vários amigos porque insisti em vir embora.
    - Sou altamente gozada e o meu pai diz a toda a gente que tenho sangue de barata.
    - Ninguém me convida para coisas ao ar livre porque já sabem que não vou, a menos que seja no verão e ainda assim nem sempre aceito

    Não fico empolada nem nada disso, mas ando quase 3 meses de seguida sem aquecer os pés, sou dependente do aquecedor e do saco de água quente e duvido que haja alguém no mundo que consiga tomar banho com a água na temperatura da minha. A ferver.

    (Já me disseram que é tiróide, várias pessoas)
    (A frase mais vezes proferida por mim: estou cheia de frio!)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. UI... Sofres mais que eu então. Eu nem é tanto o frio, é mais as descidas bruscas de temperatura.

      Excluir
    2. Estou com a Uva, fiquei assim depois de ter macaquito. Pai macaco diz que tenho o termostato avariado.

      Excluir
    3. Ahahahahahahahah a sério? Ficaste mais friorenta?? :DD olha, a mim cresceu-me um pé. :D

      Excluir
    4. :D Cresceu?? Isso de crescer é muito estranho, eu fiquei sem mamas... (pode-se dizer mamas?)

      Excluir
    5. Sim Be cresceu... um número... Não vais também tu começar a gozar-me com isso, ora não? :DDD

      Excluir
    6. Ahhhhh! Cresceu ... no comprimento... um número... que alívio... pensava que tinhas 3 pés!! :DDDD

      Excluir
    7. Ahahahahahahahah ahahahahahahahah ahahahahahahahah ahahahahahahahah não Be.... Felizmente foi só um pé que cresceu em comprimento e isso já é estranho o suficiente, vale? :DDDD

      Excluir
    8. Eu "alarguei" das costas. 2 cm

      Excluir
    9. Já eu "alarguei" assim no geral. :p

      Excluir
    10. A cena dos pés diz que é normal...

      Excluir
    11. Olha... Diz isso ao meu marido, dizes?

      Excluir
    12. digo, digo. mas foi só num?

      Excluir
    13. estudos científicos: http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,EMI332455-10543,00.html (note-se que so li o inicio, mas parece-me válido. queres que imprima?)

      Excluir
  3. O filho uma amiga minha tem o mesmo problema mas com o calor, se aquecer demais fica cheio de bolhas, não pode comer comida muito quente, tem de estar sempre altamente hidratado e mais um rol de coisas inimagináveis. As pessoas, por vezes, não compreendem o que desconhecem e depois têm reacções parvas.
    A quantidade de vezes que as pessoas ficam a "chamar-me nomes" porque macaquito "faz birras" sem explicação, basta por exemplo, passar uma mota cujo barulho ele não tolera.
    Desvalorizo completamente, devias fazer o mesmo.
    Beijinho e agasalha-te ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alergia ao calor, sim... Eu não ligo, claro que não ligo... Eu explico, se querem ficar ignorantes... Be my guest.

      Excluir
  4. Nê, é a primeira vez que ouço falar em alergia ao frio. Estamos sempre a aprender.
    O que vale é que vem agora o calor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :))) o pior são estas meias estações... Beijinho

      Excluir
  5. Querida NM,
    Percebo agora a sua resposta. Só conhecia a alergia ao calor. Lamento.
    Um beijo,
    Outro Ente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh, não há nada a lamentar. Há um milhão de alergias mais graves.
      Um beijo.

      Excluir
  6. Já leio tudo, mas
    TU PASSAVAS FÉRIAS NA AZARUJINHA???
    Tu queres ver que já lá cavei buracos na areia para te enterrar??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Éramos todas amiguinhas, portanto.
      ahahahahhaha

      Excluir
    2. Parangonas do blogo jornal: Elementos do blogo gang afinal são amigas de infância. :DDDDD

      Excluir
  7. :( Nunca mais me queixa da alergia aos ácaros...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :)) ora essa, cada um queixa-se do que lhe dói.

      Excluir
  8. Eu, a anónima que ali em baixo perguntou se era gozo, acha que acabou de descobrir uma das suas alergias. Será?

    Eu fico com a pele extremamente vermelha sempre que vou, por exemplo, caminhar ao final da tarde (seja verão ou inverno), fico com a pele toda gelada, vermelha e pouco tempo depois de começar a caminhar/correr já estou cheia de "comichões".
    Da lista enunciada só nunca desmaiei...

    Para além disso, durante o inverno tenho habitualmente toda a parte inferior do meu corpo gelada: nádegas, coxas, pernas, pés (independentemente da quantidade de roupa usada, essas partes nunca aquecem). Para além disso, também tenho habitualmente as mãos geladas (e frieiras em todas as extermidades).

    Mesmo com temperaturas como as actuais, tenho sempre os pés gelados e tenho que usar meias bem quentes (de lã).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Yap. Bem vinda ao clube. Experimenta tomar um anti histamínico que conheças antes de ires caminhar... Depois diz-me se te aconteceu a mesma coisa.

      Excluir
  9. Nê, tu és uma pessoa estranha minha querida ;)
    Lá em casa sofre-se com vibrações... Mas daquelas que não se ouvem só se sentem. Tudo abana no cérebro. Mas é "ruído" que só os cães ouvem e os outros olham para nos como se fossemos tolinhas. Temos pena!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahahahahahahahah ahahahahahahahah ahahahahahahahah diz o roto do nu.... Ahahahahahahahah ahahahahahahahah

      Excluir
    2. é o que nos vale, meu amor, é o que nos vale! ;)
      não nos sentimos sozinhas neste mundo estranho...

      Excluir
  10. Isso é grave... Bolas. Já eu morro de calor, sempre. Verão e Inverno, suo sempre. Raramente tenho frio. Também me cresceram os pés :)

    ResponderExcluir