terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Porque é que eu não poderia ter um blogue de... lifestyle (daqueles sobre mirtilos ao pequeno almoço e mantras e coiso)...

1. Porque eu não sou nenhum pássaro para me alimentar de alpista. (Mas qualquer dia vou ali à senhora da mercearia onde faço as compras e pergunto-lhe se tem sementes de sésamo... Só assim naquela... Para ver a cara que ela faz!)

2. Porque espero um dia conseguir sair do estado marmota (ou lá o que é) em que me encontro.

3. Porque o meu mantra é frequentemente "Não falem comigo!" ou "Os vossos risos fazem-me dor de cabeça."

4. Porque não consigo acordar cheia de energia e planos. Limito-me a arrastar-me até ao duche, maldizendo as dores musculares com que esta gravidez me tem presenteado. E muitas vezes o meu plano para o dia é sobreviver sem grande ondas até me poder deitar outra vez.

5. Porque a mim não é o sol e o céu e o mar e o mais não sei quê que me revigoram. Eu sou mais por uma boa noite de sono, um pequeno almoço na cama com torradas, sumo de laranja e café, seguido de uma bela manhã de... mais cama! Ui... Isso sim é que me deixaria como o aço!

6. Porque cá em casa evitamos os brancos que os catraios enchem tudo de nódoas...

7. Porque eu sou mais de viver os momentos em vez de os fotografar.

8. Porque o meu lifestyle às vezes resulta em birras e amuos (não, não estou a falar só dos das crianças) e em não ter nada para jantar ("Mas não descongelaste nada?", "Eu não. E tu?")...

9. Porque, apesar de não ter a melhor vida do mundo, sou feliz, verdadeiramente feliz. Não sinto é a necessidade de escrever isso num blogue para toda a gente ler. Prefiro lutar todos os dias para que assim se mantenha, nem que isso signifique errar e voltar a tentar.

Por isso, deixem lá esses blogues claros-brancos-alvos-das-neves para quem consegue ter uma vida sempre MA-RA-VI-LHO-SA, que a minha tem só momentos desses. (Mas sim nas fotos também parecemos sempre muito felizes... Até o miúdo... Pode estar na maior das birras, mas se vê uma máquina fotográfica apontada, pára o berreiro, faz o seu sorriso nº 33 e depois do flash lá continua com o que estava a fazer...)

16 comentários:

  1. Tu consegues escrever um blogue sobre lifestyle, só que do tipo "real lifestyle". Tanto positivismo até me dá nervos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ora aí está. Real life style é que é um conceito complicado. Também, quem é que precisa de saber das nódoas no meu sofá, do iogurte líquido bebido à pressa, do paposseco com fiambre enquanto conduzo, da comida mal temperada, da minha incapacidade de seguir uma receita de uma ponta à outra, de um trabalho chato "cumápotassa" que tem dia que só apetece mandar toda a gente às urtigas?

      Excluir
    2. Eu estava a brincar... Isto foi só uma manobra de diversão para vocês me sentirem mais próxima... Paposseco?? Credo... Eu tomo todos os dias o melhor pequeno almoço do mundo com mirtilos e granola e mais não sei quê, levanto-me cedo nas calmas, planei-o o meu dia... assim... tudo com calma, acordo os meus homens com beijinhos e miminhos... Tudo em branco, tudo em bom... Oh! Vocês não percebem nada!... Não me digam que acreditaram no que escrevi...

      Excluir
  2. A Xaxia disse tudo! :)

    Eu já fui o 5. das 1ªas linhas, agora sou cá das tuas!
    E vivo à 9. o blogue até é mais ara desabafar e não chatear a cabeça a quem me atura as "carnes" do que para bradar felicidades :p

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "aturar as carnes" é lindo... :DDDDD

      Excluir
    2. Letras dá nisto!
      Poesia bela, pró-funda! ;)

      Excluir
  3. Minha querida afilhada, não me diga que se limita a viver a vida, ao invés de a fotografar? Percebi bem?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não faço bem,pois não madrinha?? ai que eu às vezes sou tão tonta... Não arranjaria por aí um workshopezito que me iluminasse?? Algo que me mostrasse a luz, que me ajudasse a ver o bright side of life.. (Já agora, isso é devido ao flash não é?)

      Excluir
  4. O que é que eu faço? O que é que eu faço? A desgraça, o mártirio...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha Lulu, diz que há por aí muito workshop jeitoso... Vamos ambas as duas? Hum? Que me dizes? A ver se entramos nos eixos...

      Excluir
  5. C'orrore! Mas então a menina não vive dentro de uma revista?! Pfffffffff (este pfffffffff é meu, ok anónima!) vou já para outras paragens mais estilosas! :DDDDDD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh Palmier, minha querida, eu já vivi numa revista, sabes? Mas depois engravidei e deixei de lá caber...

      Excluir
  6. Ainda bem que nos elucidou logo no título sobre o que é isso do blogue life não sei quê, porque nós, os seus leitores, somos burros e não sabemos.

    (tão explicadinha, senhores, tão explicadinha que até parece o Coisinho)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O mirtilo eurasiano é um arbusto que pertence à família Ericaceae (família da azálea). As plantas são arbustos de pequeno porte nativos da Eurásia e que também crescem em sub-bosques das florestas temperadas na Europa. Existe também o mirtilo americano, uma espécie nativa da América do Norte Vaccinium corymbosum.

      Excluir
  7. Pois eu fui, feita totó, comer alpista com iogurtes e frutinha fresca, mas uma torradinha com compota é bem melhor.

    NM, cá para mim és mais feliz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :) E suminho de laranja S*... Litradas... Se eu pudesse era às litradas...

      Excluir